Avó pede mais de 63 mil kwanzas por dia para controlar a neta


A mulher defende que deve ser recompensada pelo tempo perdido a cuidar do neto que assegura amá-la. Pede por cada hora 7 mil e 910 kwanzas.

A revelação feita pela avó neozelandesa está percorrer o mundo. A mulher cobra equivalente na moeda angolana a mais de 7 mil e 910 kwanza por uma hora para cuidar o neto de um ano enquanto a filha vai trabalhar. Calculando uma hora pelo tempo que a filha fica a trabalhar, o valor chega a 63 mil e 280 kz, duas vezes mais alto que o salário básico em Angola. 

 “Minha filha tem 29 anos, tem um filho de 1 ano e vai voltar do trabalho em breve. Ela trabalha cinco dias por semana, cerca de sete, oito horas, e perguntou se eu poderia ficar de babá do seu filho dois ou três dias por semana”, disse na rede social Reddit.

Acrescenta: "Tenho minha vida, trabalho para mim mesma e acho que ela deveria entender que estou abrindo mão do meu tempo de trabalho”. 

Sem aceitar dizer o nome, a mulher garante: “Eu amo meu neto. Mas, como expliquei, não sou uma creche”, enfatizou.

REAÇÕES

0
   
2
   
0
   
0
   
2
   
0
   
2
   
1
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK