Tragédia: Portugal em chamas


Os incêndios florestais que assolam o norte e sul de Portugal não dão tréguas, mais de 150 residências foram destruídas pelo fogo, 4 pessoas morreram e dezenas de pessoas estão deslocadas, cerca de 3000 pessoas deram entrada nos hospitais por intoxicação e queimadura, entre os quais 200 já rebeceram alta médica

Para combater as chamas o Governo português, solicitou ajuda a proteção civil europeia, e já obteve a resposta da Itália que se prontificou em ajudar no combate aos incêndios florestais que devastam Portugal.

Nesta tarde, o Tribunal português considerou um jovem de 23 anos com antecedentes criminais como autor do incêndio que deflagrou a ilha da Madeira. O craque português Cristiano Ronaldo já manifestou o seu apoio as vítimas. Por sua vez, o presidente português Rebelo de Sousa, visita as áreas atingidas pelas chamas na ilha da Madeira.

No combate as chamas estão o corpo de protecção civil e moradores das zonas afectadas, que as várias horas lutam para travar as chamas com baldes de água e mangueiras, e apresentam cansaço.

O fogo já consumiu casas, hospitais, centros comerciais, hotéis, centro de acolhimento, e há probabilidade do surgimento de novos focos.

RTP África

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK