Telemóveis causam cancro


A dra. Devra Davis, autora do livro “The Secret History of the War on Cancer” (A História Secreta da Guerra contra o Cancro), tem investigado os perigos das radiações emitidas pelos telefones celulares a um bom tempo

Dra. Davis simplesmente não acreditava na possibilidade de que os telefones celulares fossem perigosos até que resolveu estudar o caso.

O estudo analisou 2.200 pacientes com câncer e 2.200 usuários saudáveis, em busca de alguma conexão entre o uso de aparelhos celulares e o desenvolvimento de tumores cerebrais.

Segundo Kjell Mild, líder do estudo, o uso dos celulares aumentou em 240% o risco de cancro no lado da cabeça onde o celular é mais usado.

A verdade é que o estudo fala de uso prolongado, mesmo assim é preocupante, pois muita gente fica horas ao celular e alguns dormem até com o aparelho ao lado da cabeça.

Actualmente com as evidências científicas que tem, a douctora está tentar fazer com que as pessoas entendam que os celulares não só são perigosos, mas também podem ser mortais.

Um caso interessante que pode servir como exemplo do potencial destruidor dos telefones celulares é de uma mulher que não tinha factores de predisposição ao cancro.

Segundo a revista americana Environmental Jealth Trust"Ela se cuidava, fazia exercícios, tinha uma vida tranquila. Mas mesmo assim um cancro de mama a atingiu".

Os médicos então descobriram que a jovem mulher tinha o“curioso” hábito de colocar o aparelho celular junto aos seios, no seu sutiã, o interessante é que o cancro se desenvolveu exactamente no lugar onde a mulher costumava pôr o telefone.

Dois especialistas em câncer, os doutores Robert Nagourney eJohn West, concluíram que é muito forte a tese de que o celular foi a causa do cancro nessa mulher.

Mesmo sem poder garantir 100%, eles entendem que o caso deve servir de alerta não só para as mulheres que colocam o celular no sutiã, como para todas as pessoas que colocam o aparelho em outros locais, como bolsos de calças ou camisas.

A título de exemplo, pesquisadores da Universidade de Exeter, no Reino Unido, confirmam que deixar o celular no bolso da calça pode contribuir para a infertilidade masculina.

Outro estudo, realizado na Suécia, mostrou que o uso prolongado desse tipo de aparelho aumenta em 240% o risco de desenvolvimento de tumores no cérebro.

Talvez não existam provas “concretas” de que o celular causa cancro mas existem sim muitos estudos correlacionam o celular a sérios problemas de saúde. 

Então previna-se!

REAÇÕES

1
   
1
   
0
   
1
   
0
   
2
   
0
   
0
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK