Queimadas "criminosas" nas centralidades do Kilamba e Sequele preocupa AADIC


A Associação Angolana dos Direitos do Consumidor (AADIC) manifesta-se preocupada pela destruição dos espaços verdes das centralidades do Kilamba e do Sequele. A par isso, AADIC teme igualmente que está acção criminosa possa provocar danos à saúde humana – devido a inalação de fumo – e do próprio solo (que no futuro será impossível ver aquela terra germinar por causa do combustível utilizado).

Kilamba

Kilamba Club-k

Segundo a AADIC, tal acto além de devastar a cintura verde da cidade, coloca em risco de vida dos moradores, visto que a prior circulam e estaciona-se viaturas todos os dias dos utentes.

Diante destas acções criminosas, provocadas pelos responsáveis das duas centralidades, AADIC entende que o Ministério do Ambiente deve responsabilizar estas entidades, aplicando multas de acordo com as infracções.

“Entendemos que o consumidor que aderiu a estes projectos, não só pagou pela moradia mas também para os espaços verdes, estacionamentos, áreas de lazer, etc. Sendo relevante os princípios fundamentais disposto no art. 89º al). b nº1 da CRA”, pode-se ler na missiva que AADIC endereçou a ministra do Ambiente, Fátima Jardim.

REAÇÕES

2
   
1
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
3
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK