Eu no Candongueiro: “A forma de casar do angolano é primitiva”
Parece que nem todos estão satisfeitos com a forma de celebração de casamento dos angolanos. E um destes angolanos que não concorda com a nossa forma de casar esteve no táxi onde a equipa da AO esteve a bordo, e alegou ‘’o casamento em Angola é caro, gasta-se tantos kwanzas.’’
Arquivo

“Angolano gosta gastar tanto nos casamentos para mostrar nas pessoas uma realidade que não é dele. Gostam casar, ir ao salão e gastar tanto, depois ficam a reclamar e a pedir nas pessoas que estão a passar mal em casa. Essa forma é primitiva… Já passou há tempos”, afirmou a passageira.

Concordando com afirmação da senhora passageira, um outro passageiro do táxi que tinha como destino o Avó Kumbi, viu-se obrigado a desabafar as suas mágoas e acrescentou “ esse dinheiro que muitos gastam para o aluguer dos salões, deveriam economizar para a posterior suprir as suas necessidades”.

“Deveriam passar a fazer como os outros, chamavam somente os parentes directos, como os pais, os tios, o conservado e o pastor, celebram o casamento e mais nada. Mas como nós gostamos dar nas vistas fizemos já tantos gastos, para depois chorarmos nas escondidas…isso é palhaçada”, lamentou o passageiro, ao dar sugestões para gastar-se pouco na celebração do casamento.

REAÇÕES

COMENTÁRIOS