Zona Económica Especial ainda não tem luz verde para privatização
António Victor Santos, Director Geral da INDUTUBO, uma das unidades fabris localizada na Zona Económica Especial (ZEE), afirmou na passada segunda-feira, 19, aquando de um encontro com os trabalhadores, onde fez o balanço do ano que caminha para recta final, que a Zona Económica Especial não está privatizada.

“Não há informação oficial sobre a privatização da Zona Económica Especial. Sabemos que tem havido várias informações a circularem em determinados sites, jornais e até em páginas do facebook, mas não são oficiais. Quando isto tiver que acontecer, a entidade gestora vai fazer uma comunicação oficial,’’ disse António Victor Santos, Director Geral da INDUTUBO. 

António Victor acrescentou apelando a calma dos trabalhadores, ‘’fiquem tranquilos que os vossos postos de trabalhos estão seguros”.

O gestor fez um balanço positivo do ano que agora termina e disse estar orgulhoso pelo facto de estar a produzir a bom ritmo e de ainda ter um stock considerável de matéria-prima, numa altura que muitas outras fábricas semelhantes estão paradas por falta de matéria-prima. 

Por outro lado, António Victor lamentou a pouca divulgação dos serviços da fábrica, mas mesmo assim ‘’neste momento podemos usar como bandeira o facto de termos sido responsáveis pelo fornecimento de tubos para a instalação do sistema de água na Centralidade do Kilamba, Zango zero, Robaldina e na Assembleia Nacional que é o nosso maior orgulho, rematou.

A INDUTUBO é uma unidade fabril que se dedica a fabricação de tubos de polietileno em vários diâmetros, criada pela SIIND-Sonangol Investimentos Industriais e funciona há cinco anos dentro da ZEE.

REAÇÕES

COMENTÁRIOS