ZAP «afastada» do CAN
A ZAP operadora de televisão por satélite foi afastada na transmissão da 32ª edição da Taça de África das Nações em Futebol (CAN), devido a “limitações contratuais estabelecidas” pela CAF.

Em comunicado, enviada à Angola-Online, a Televisão Pública de Angola, TPA, canal também pertencente a grelha de programação da ZAP, comunicou que “por razões contratuais, os 52 jogos do CAN do Egipto, serão transmitidos nos canais 1 e 2 da TPA, apenas nas distribuidoras DSTV, TV Cabo e através da rede de distribuição terrestre da TPA”.

“Esta limitação contratual, imposta pela CAF, é extensiva à todas as televisões públicas africanas. Portanto, não é exclusiva da Televisão Pública de Angola”, lê-se no comunicado.

Uma situação que fez com a Televisão Pública de Angola, TPA, esclarecesse por imediato e garantir que não existe  nenhuma acção contra a operadora, pertencente a empresa portuguesa Zon Multimédia e o grupo angolano de Isabel dos Santos.

“Gostaríamos também de informar que a ZAP não é a única distribuidora africana que transmite em sinal fechado, vetada na transmissão dos jogos do CAN”, fez saber.

A TPA reitera que irá transmitir os jogos e garantir uma programação rica que satisfaça o interesse dos telespectadores, ao mesmo tempo que, continuamos a desenvolver esforços no sentido de prover maiores facilidades de acesso aos jogos transmitidos pela TPA.

Redação

REAÇÕES

COMENTÁRIOS