União Europeia proíbe importação de frango Sadia e Perdigão
Frango congelado das marcas Sadia e Perdigão, produtos bastante consumidos em Angola, foram proibidos pela União Europeia (UE), devido o risco para a saúde humana.
Arquivos

De acordo com à fonte da Angola-Online, a medida surge segundo uma operação denominada “Operação Trapaça”, que teve como alvo a BRF, detentora das marcas Sadia e Perdigão. O grupo é investigado por defraudar resultados de análises laboratoriais relacionados à contaminação pela bactéria Salmonella pullorum, encontrada em aves de capoeira. 

Segundo a nossa fonte, revela que as autoridades angolanas continuam em silêncio sobre o assunto, já a responsável do Serviço de Veterinária de Angola Bernardete Santana e o inspector geral do Comércio, Francisco Félix, ambos afirmam desconhecer oficialmente a informação. 

O Jornal Oficial da União Europeia (UE), por exemplo, avança que os produtos podem constituir um risco para a saúde pública e é conveniente retirá-los da lista dos estabelecimentos a partir dos quais são autorizadas importações de carne e produtos à base de carne na UE.

E as investigações apontam ainda que as medidas adoptadas recentemente no Brasil indicam não haver garantias suficientes de que os estabelecimentos citados cumprem os requisitos aplicáveis da União.

JA com redacção da AO

REAÇÕES

COMENTÁRIOS