Trump afirma que Soleimani «mereceu» a morte
O presidente americano Donald Trump, escreveu no Twitter que Soleimani "é responsável pela morte de milhões de pessoas" e que já "devia ter sido abatido" há muito tempo.

Israel veio prontamente apoiar a decisão de Trump. França e Alemanha apelam à contenção.

Um discurso muito idêntico ao do primeiro-ministro israelita. "Qassem Soleimani é responsável pela morte de cidadãos americanos e de muitas outras pessoas inocentes. Ele estava a planear mais ataques. O presidente Trump tem todo o mérito por agir rapidamente e de forma decisiva", declarou Benjamin Netanyahu.

No Líbano, o líder do Hezbollah, Sayyed Hassan Nasrallah, deixou bastante claro que o grupo xiita pretende continuar o caminho de Soleimani e garantiu: "os assassinos criminosos" do general iraniano terão "o castigo certo".

Soleimani cultivava uma amplitude de milícias bem armadas em diversos países da região, que podem atacar alvos americanos dando ao Irã opções que evitem um confronto cara a cara com os EUA, confronto esse em que os americanos teriam vantagem.

Fonte: Euronews

REAÇÕES

COMENTÁRIOS