Trabalhadores da ENDE prometem cruzar os braços
Os trabalhadores da Empresa Nacional de Distribuição de Energia (ENDE), podem convocar para a próxima semana uma greve geral, caso a direcção não reajuste a tabela salarial e pague os subsídios em atraso.

A informação foi avançada pelo representante do sindicato dos trabalhadores da ENDE, identificado por Virgílio, em declarações nesta tarde à rádio Ecclésia.

O representante do sindicato dos trabalhadores da ENDE, aponta como motivos da greve a falta de pagamento dos subsídios e por existir na empresa três tabelas salariais, “dos ex-trabalhadores da ENE, EDEL” e os novos trabalhadores da ENDE.

A greve geral na ENDE, segundo o representante sindical desta instituição pública, poderá iniciar dia 19 deste mês. 

Caso se convoque a greve, a ENDE será a quinta instituição pública, a cruzar os braços.

REAÇÕES

COMENTÁRIOS