Tchizé responde PR sobre patrocínio de manifestações com dinheiro roubado
A deputada do MPLA, Tchizé dos Santos, respondeu ao presidente João Lourenço, que não patrocina manifestantes porque não está no estômago dos jovens e refere que “se não sabem governar demitam-se” pelo facto de que para si, o discurso do presidente, tenha servido para desviar a atenção do povo a falta de emprego e comida na mesa.

Na quinta-feira, 10, na abertura do congresso da juventude do MPLA, João Lourenço disse que pessoas envolvidas no desvio de fundos e que se encontram no estrangeiro “têm o descaramento de agora falarem em nome do povo”.

Sem mencionar nomes, o Presidente acrescentou que essas pessoas, que “não são estrangeiras, mas angolanas que se dizem militantes do MPLA” pagam jovens para desestabilizar o país.

Entretanto, nos círculos políticos a família de José Eduardo dos Santos foi a destinatária do discurso, de que em reacção Tchizé dos Santos, que afirma não poder falar em nome da família, disse haver uma “clara manipulação de informação e de justiça para assassinar a sua imagem e seu carácter”, de acordo com a VOA.

“Toda gente vê que os preços triplicaram desde 2017, agora querem tapar o sol com a peneira e dizer que é a Tchizé dos Santos que está a dar dinheiro aos jovens para se revoltar? Sou eu que estou no estômago da juventude para se revoltar? Não me usem como manobra de diversão, deixem-me de fora, se não estão a se sentir competentes para governar dimitam-se”, referiu.

Tchizé acusa ainda João Lourenço de não ter razões para tais discursos pelo facto de se ter mantido calado o tempo em que era secretário geral do MPLA e enquanto ministro da defesa por “se ter beneficiado do sistema”.

Fonte: Sapo Notícias

REAÇÕES

COMENTÁRIOS