Subchefe da PIR mata colega a tiro e tenta suicidar-se
A agente da Polícia de Intervenção Rápida (PIR ), Josefina Casimiro, de 27 anos, foi morta a frente do namorado pelo subchefe David Ramos dos Santos, no vestuário da unidade policial, em Cabinda.

O crime ocorreu na manhã do passado sábado, 30, na  11ª Unidade da Polícia de Intervenção Rápida, no bairro A Resistência, na zona do Tafe, província de Cabinda.

Segundo fonte da Angola-Online, o  1º Subchefe, David Ramos dos Santos, disparou mortalmente a vítima por alegadamente encontrá-la com o namorado no vestuário feminino da referida unidade policial. Depois de disparar contra Josefina, David Ramos tentou pôr fim a sua vida com um disparo. 

Em estado grave, o homicida está em estado de recuperação no hospital de Cabinda. 

A agente foi a enterrar ontem, e a família pede por justiça.

REAÇÕES



COMENTÁRIOS