Sindika Dokolo: Foi JES que iniciou combate a corrupção
Sindika Dokolo, marido de Isabel dos Santos, afirmou que foi o ex-presidente José Eduardo dos Santos quem iniciou o combate á corrupção em Angola ao impedir Manuel Vicente de o suceder na presidência.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Sindika Dokolo respondia a uma pergunta da Voz da América sobre a recente deslocação a Angola do presidente do Congo Democrático Felix Tshisekedi em que entre outros pontos analisou com o seu homólogo angolano a decisão de um tribunal angolano congelar as propriedades de Dokolo e de Isabel dos Santos em Angola por alegada falta de pagamento de dívidas.

Isto foi confirmado pelo ministro dos negócios estrangeiros angolano que afirmou que Tshisekedi e Lourenço tinham analisado “as consequências da decisão do Tribunal Provincial de Luanda”.

Dokolo disse que esse combate “começou no momento, em 2015, em que o presidente dos Santos decidiu que o Senhor Manuel Vicente não seria o candidato do partido devido à má administração e corrupção que ocorreu sob a sua administração na Sonangol”.

Manuel Vicente foi durante vários anos vice presidente de Angola e teve um mandado de captura emitido em Portugal, por alegado envolvimento no suborno de entidades portuguesas para encobrirem actividades financeiras ilegais, e, governo angolano recusou-se a extraditar Manuel Vicente mas prometeu que este poderia ser julgado em Angola, onde goza contudo, de imunidade parlamentar.

Dokolo disse que a decisão do governo de retirar a figura de José Eduardo dos Santos da moeda angolana é tentar eliminar parte da história do pais e um sinal de falta de objectividade e respeito das actuais autoridades.

Fonte: Angola 24 Horas

REAÇÕES

COMENTÁRIOS