Sindicato pede aos professores para não aderirem à greve
O secretário geral do SINPROF (sindicato dos professores e trabalhadores não universitários) Zacarias Jeremias, exortou os professores a não aderirem à greve marcada para o dia 9 de Abril.

Em declarações a fonte da Angola-Online, fez saber que, as duas alas do conselho directivo sindical reivindicativa não foram consultadas e por isso pede aos professores a não aderirem à greve. 

“O conselho directivo da plataforma sindical reivindicativa não emitiu uma declaração de greve do sector da educação por isso, exorta todos os professores das escolas públicas e participadas do país, a continuarem normalmente com seus trabalhos de docente educativo”, disse o responsável. 

Zacarias Jeremias reafirmou que, até o fim do segundo trimestre do presente ano lectivo, vai efectivar-se aplicação prática do novo estatuto e seus anexos. 

Para o responsável, “os documentos estão a ser revisto nessa altura e depois será remetido ao conselho de ministro para sua aprovação”, o responsável acrescentou que “nós pensamos que, parar duas ou três semanas e depois retomar com as aulas só teremos prejuízos e não vantagens”.  

Zacarias Jeremias, disse que, existe uma equipa de trabalho encabeçado pela senhora ministra da educação e dos sindicatos da satisfação dos pontos importantes do caderno reivindicativo. 

RNA

REAÇÕES

COMENTÁRIOS