Sindicato dos Oficiais de Justiça iniciam greve e critica falta de diálogo do ministério
O Sindicato dos Oficiais de Justiça (SOJA) iniciou ontem, a partir das 12horas uma greve para protestar contra a falta de resposta do Ministério da Justiça aos problemas que vivem.

A greve que, estava prevista para arrancar na próxima segunda-feira, começou ontem a partir do meio dia. Os funcionários de justiça exigem melhores condições laborais, aumento salarial e o pagamento de salários de um mês em atraso. 

Por outro lado, a greve vai suspender julgamentos, casamentos e emissão de BI por todo país. 

O Sindicato dos Oficiais de Justiça reuniu na quinta-feira, com o Ministério no âmbito da revisão do Estatuto dos Oficiais de Justiça.  

Porém, a reunião teve também por objecto proporcionar respostas à greve dos Oficiais de Justiça, mas até o fecho desta matéria nada foi resolvido por parte do Ministério, para tentar impedir a greve. 

A equipa da Angola-Online, deslocou-se em um dos postos de identificação, em Luanda, onde deparou-se com triste cenário. Em entrevista ao nosso portal, um dos oficiais contou que, estão totalmente agastados com esta situação e apelam a urgente atenção das autoridades. 

Fonte: NV e Redacção

REAÇÕES

COMENTÁRIOS