SIC detém cidadão acusado de transmissão de HIV/Sida em Cabinda
O cidadão Carlito Pucuta, de 38 anos de idade, foi detido pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC) acusado de transmissão dolosa do HIV/Sida.

De acordo com o SIC, a detenção ocorreu na passada quinta-feira mediante denúncias, sendo o mesmo indiciado no crime de transmissão dolosa de HIV/Sida, previsto no artigo 15º da Lei nº 8/2008 de 1 de Novembro e punível no artigo 353 do Código Penal.

Três cidadãs, cujos nomes não foram revelados, denunciaram ao Serviço de Investigação Criminal, terem mantido contacto sexual com o acusando, sem que o mesmo tenha tido alguma preocupação com a proteção.

O cidadão foi já encaminhado ao Ministério Público, onde foram apresentadas as três queixas das pessoas, supostamente, contaminadas.

No período de Janeiro a Março deste ano, foram diagnosticados 17 mil e 853 casos de HIV/Sida,  dos quais 287 positivos e destes, apenas 226 estão a ser acompanhados.

A unidade sanitária Santa Catarina, vocacionada para o atendimento e tratamento de doenças contagiosas, entre as quais a tuberculose associada ao HIV/Sida, depara-se com a fuga de pacientes, situação que preocupa as autoridades sanitárias.

Numa altura em que a Procuradoria-Geral da República (PGR) vai abrir um inquérito junto do Ministério da Saúde, nos próximos dias, para saber o que se passou, de concreto, para que os testes de VIH feitos em algumas províncias do país dessem falso positivo.

Fonte: Angop

REAÇÕES

COMENTÁRIOS