SIC detém agente da Polícia Nacional que produzia notas falsas
O Serviço de Investigação Criminal (SIC) deteve, em flagrante, na manhã desta segunda-feira, 1, um agente da Policia Nacional e outros três homens pelo crime de falsificação de três milhões de dólares norte-americanos.

Segundo a fonte da Angola-Online, a detenção dos quatros suspeitos, também acusados de associação de malfeitores, ocorreu quando os indivíduos se deslocaram da província da Huíla à província do Namibe, com o objectivo de fazer mais notas estrangeiras falsas para posteriormente as injectar no circuito financeiro nacional.

"Eles os (detidos) estavam com o plano de injectar no circuito financeiro nacional mais de três milhões dólares", disse o SIC, acrescentando que com a pronta intervenção dos efectivos do Serviço de Investigação Criminal e da Polícia Nacional foi impedida a concretização da acção dos supostos falsificadores.

O SIC disse ainda que a rede de malfeitores utilizava uma impressora multifuncional comum para produzir as notas falsas.

"A rede de malfeitores utilizava uma impressora multifuncional comum para produzir as notas falsas", garantiu, acrescentando que a investigação criminal encontrou na posse dos detidos "uma caixa metálica, contendo 3.457 cédulas de dólares americanos em forma de notas, e uma viatura de marca Hyundai Tucson, de cor preta, com a chapa de matrícula LD-74-22-FA".

A fonte do SIC fez saber ainda que o agente da Polícia Nacional implicado neste crime ocorrido na província do Namibe pertence ao Comando Provincial da Huíla da PN.

Fonte: Novo Jornal

REAÇÕES

COMENTÁRIOS