Sentença do caso «Rufino» será conhecida em Agosto
O presumível autor do assassinato do jovem Rufino António, de 14 anos morto a tiro, em 2016, no bairro Walale, Zango, município de Viana, em Luanda, vai conhecer a sentença no dia 7 de Agosto.

Segundo à fonte da Angola-Online, os quatro acusados, sendo dois detidos e dois em liberdade, todos militares das Forças Armadas Angolanas (FAA), estão envolvidos no processo e o co-réu José Alves Neves Tadi, também conhecido por “Santos”, é apontado como o autor do suposto disparo que atingiu mortalmente o adolescente e, como tal, indiciado por homicídio voluntário.

De acordo ainda com a fonte, presumível actor do crime, pode ser condenado a uma pena que vai de 16 a 20 anos de prisão, enquanto os outros podem apanhar apenas uma pena correccional.

Rufino foi morto a queima-roupa por um efectivo das Forças Armadas Angolanas, durante demolições no Zango 3. 

Fonte: Jornal de Angola e Redacção

REAÇÕES

COMENTÁRIOS