Segurança é acusado de violar menor de 10 anos no Kilamba Kiaxi
Um cidadão de 47 anos de idade, guarda de uma empresa de segurança privada, sediada em Luanda, foi detido pelo Serviço de Investigação Criminal de Luanda (SIC), acusado de abusar sexualmente de forma sistemática uma menor de 10 anos, no município do Kilamba Kiaxi.

O porta-voz do Serviço de Investigação Criminal de Luanda, superintendente Fernando de Carvalho, disse que o indivíduo surpreendeu a criança, por volta das 15h00 de segunda-feira última, num beco do bairro Wenji Maka, e a levou à força até à sua casa, onde acabou por consumar a violação. 

O triste episódio aconteceu quando a menor ia a uma cantina da zona comprar sabão e foi interpelada pelo indivíduo, que a meteu no colo e levou-a directamente para a sua residência, onde a ameaçou de morte, caso gritasse ou revelasse aos seus familiares o que se passou.

Acto contínuo, rasgou a roupa que a menor trajava, tapou-lhe a boca e consumou a violação sexual, durante várias vezes num só dia, tendo depois trancado a criança num dos quartos de casa e só a libertou 24 horas depois, ou seja na terça-feira.

Quando chegou a casa, a menina deu a conhecer o sucedido aos pais, que de imediato apresentaram queixa-crime à Polícia Nacional, situação que culminou com a sua prisão.

Fonte: Angop

REAÇÕES

COMENTÁRIOS