Segurança da escola mata mulher à tiros na Huíla
Uma mulher de 51 anos, foi morta com vários disparos de arma de fogo, por um segurança duma das escolas públicas do bairro A Luta Contínua, na Huíla.

Segundo a fonte da Angola-Online, o segurança disparou à queima-roupa contra mulher, com uma arma do tipo AKM, depois duma discussão, tendo morte imediata.

O cidadão já foi detido pela Polícia Nacional naquela província. 

O país continua a ficar chocado com os vários crimes hediondos registados nos últimos tempos em todo território nacional.  

De lembrar que, ontem publicamos o caso do jovem João Jambela, de 18 anos de idade, que espancou até a morte Júlia Tchoconawa , idosa de 73 anos, por suposta prática de feitiçaria, no município do Mungo, província do Huambo.

Fonte: Polícia Nacional

REAÇÕES

COMENTÁRIOS