Rádio Despertar «afasta» jornalista por não aceitar ser censurado
O radialista Cláudio Emanuel ou simplesmente Cláudio In, foi afastado da Rádio Despertar, por supostamente não aceitar “ser censurado e instrumentalizado para fins políticos”.

O radialista afecto a rádio do maior partido da oposição, lamentou na sua conta do Facebook, visita pela Angola-Online. 

“Vim trabalhar, como normalmente faço e prontamente informaram-me que estou impedido de trabalhar porque fui suspenso da Rádio Despertar pelo Director-geral, Emanuel Malaquias”, escreveu. 

Para o princípio do contraditório, Angola-Online contactou a rádio Despertar, mas sem sucesso. 

Mas tivemos acesso, ao ofício datado em 26 de Setembro, onde a emissora, fala que “foi instaurado um processo disciplinar” que o mesmo ainda está em fase inicial. 

De acordo ainda com o ofício, “os motivos subjacentes ao processo que se inicia com o presente aviso prévio constarão do documento que será endereçado a casa um dos visados, em tempo oportuno”.  

Além de Cláudio Emanuel, foram também suspensos mais três funcionários da emissora pertencente a UNITA. 

Fonte: Redacção

REAÇÕES

COMENTÁRIOS