O preço das propinas da escola pública convertida em colégio na centralidade do Kilamba, no bloco KK 5 mil, avança as cobradas pelas universidades privadas do país e chega a quadruplicar ao cobrado pela Universidade Agostinho Neto aos estudantes do turno pós laboral.

A escola que comporta 25 salas de aulas e salas administrativas, pelos vistos foi privatizada e passa a chamar-se ‘’Colégio Manuel da Cruz’’, e as propinas estão fixadas na ordem dos 22 mil e 500 kwanzas a 25 mil e 500, sem contar com as actividades extra-curricular que está fixado no valor de 15 mil kwanzas.

Somando estes valores dá um total de 37 mil e 500 a 40 mil e 500 kwanzas, batendo o recorde dos valores cobrados pelas universidades.

Para o espanto dos moradores o colégio irá somente leccionar da 1ª à 6ª classe, e por esta altura já está se fazer a selecção do pessoal docente.

Os moradores queixam-se dos preços exorbitantes, bem como pela transformação da escola pública em colégio, o que influenciará os moradores a porem os filhos em escolas distantes da centralidade.

OPaís

REAÇÕES

1
0
0
0
0
1
0
0

COMENTÁRIOS