Professores retomam aulas segunda-feira
Depois da paralisação no dia 9 do corrente mês, o Sindicato Nacional de Professores (Sinprof) pôs fim a grave, após acordo com o Governo e graças ao empenho do Presidente da República, João Lourenço.

O presidente do Sinprof, Guilherme Silva, em declarações a fonte da Angola-Online, garante que a decisão de pôr fim à greve foi tomada com base num encontro com todos os secretários-gerais provinciais, em representação dos professores.

De acordo com o presidente do Sinprof, as aulas retomam o seu curso normal a partir de segunda-feira (16) e apela a todos os professores a cumprirem com o seu papel como formadores de personalidades, assim como aos encarregados de educação, no sentido de incentivarem os seus educandos a irem para as salas de aula.

O sindicalista adianta que no Memorando de Entendimento assinado com o Governo constam medidas de curto prazo, como a aprovação do Estatuto da Carreira Docente, até 31 de maio, seguida da sua publicação em Diário da República, até junho.

A greve que começou no dia 9, iria se estender até dia 27 deste mês, foi originada pela falta de resposta do Governo a um caderno reivindicativo apresentado ao Ministério da Educação, há cinco anos, no qual reclamam a aprovação do novo Estatuto da Carreira Docente, sendo nova contestação a estratégia governamental de priorizar o concurso público de admissão de 20.000 novos professores em detrimento da actualização de categoria dos docentes em serviço.

Lusa e Angop

REAÇÕES

COMENTÁRIOS