Polícia vai trabalhar para descobrir quem dá arma aos delinquentes
A Polícia Nacional está preocupada com as armas que estão na posse de delinquentes, por isso, vai trabalhar para extinguir a fonte.

Em entrevista à fonte da Angola-Online, o Comissário Chefe, Paulo de Almeida, disse a “corporação está preocupada” pelo facto dos marginais “apresentarem algumas armas" e não se consegue saber a proveniência. 

Para reverter o quadro, numa altura que a delinquência atinge níveis inquietantes, Paulo de Almeida, chama o trabalho conjunto do Serviço de Investigação e Inteligência para "cortar a origem das armas que vão parar na mão de alguns delinquentes.” 

E reconhece a existência de efectivos da Polícia e FAA que respondem Tribunal por transviar armas. 

Das mais de 500 mil armas recolhidas no processo de desarmamento civil, a maioria foram destruídas, excepto as que ainda estavam em bom estado, revertidas a favor da Polícia e das Forças Armadas, fez saber o Comissário Chefe, Paulo de Almeida.

Fonte: Rádio Nacional de Angola

REAÇÕES

COMENTÁRIOS