Polícia impede manifestação no Largo 1º de Maio
Os cidadãos que manifestam para exigir o repatriamento justo e obrigatório do dinheiro tirado de Angola ilicitamente, foram impedidos de manifestar no Largo 1º de Maio, por constituir uma ofensa a estátua do presidente António Agostinho Neto.

A manifestação prevista para o Largo 1º de Maio foi impedida pelos agentes da polícia, de ter lugar naquele espaço por alegadamente ofender, desrespeitar a estátua do primeiro presidente da República, António Agostinho Neto.

O grupo de cidadãos encabeçados por Sergio Piçarra e Laura Macedo, transferiu a manifestação para o Largo das Heroínas, onde decorre até ao momento.

No local, o cartonista Sergio Piçarra, lamentou a falta de participação de mais cidadãos que nas redes sociais prometeram a presença em massa na manifestação.

Fonte: Rádio Despertar

REAÇÕES

COMENTÁRIOS