Paulo Miranda esteve próxima da morte por amor à radio
O carismático radialista Paulo Miranda Jr. locutor do Kiandando, um programa radiofónico de grande audiência nas manhãs luandenses, está a lutar contra uma doença que por pouco tirava-lhe a vida.

De acordo com um texto enviado à Angola-Online, o radialista enfrenta problemas de saúde por culpa de uma infecção nos pulmões. Vivendo agora a base de medicamentos, Paulo Miranda, revela que a doença estava em estado avançada que os medicamentos fizeram-lhe uma desintoxicação, chegando a perder 14 kg em uma única noite. 

“Por vocês, por amor à rádio abusei das minhas capacidades físicas. Mesmo com sinais evidentes da doença, insisti que deveria trabalhar. Minha mulher vezes sem conta chorou, pedindo-me que parasse e fosse ao médico. Achei que aquilo era passageiro. Até que o corpo, literalmente DESLIGOU!!”, lê-se. 

O radialista e apresentador do “Angola Ao Vivo” do Palanca TV, esteve hospitalizado na vizinha república da Namíbia, onde foi assistido por um médico alemão e faz uma revelação surpreendente dizendo que esteve muito próximo da morte. 

“Meu Deus, eu sofri muito! Estive muito próximo da MORTE, por conta de gripes mal- curadas e recorrentes. Resultado estou com os dois pulmões comprometidos. Tive de tratar-me para o estrangeiro. (NAMÍBIA)”, pode se ler no texto.

De salientar que não é a primeira vez que o radialista passa por situação do género, em 2016, já havia anunciado o seu adeus à locução por recomendação médica.

“Se...se nalgum dia, e espero que seja breve (pro Ano, se calhar) voltar ao microfone, esqueçam as manhãs. NÃO VOU MAIS SACRIFICAR MINHA SAÚDE. Há mais de 20 anos que me levanto a madrugada para ir para o trabalho. Tem uma hora que a gente diz: CHEGA. Essa hora chegou”, fez saber.

Redacção

REAÇÕES

COMENTÁRIOS