Pai Querido é o novo PCA da Sonangol
Sebastião Pai Querido Martins, nomeado ontem, para o cargo de Presidente do Conselho de Administração da Sonangol, foi desde 2017, administrador executivo de Carlos Saturnino.

Actual administrador da petrolífera estatal angolana, tem a dura missão resolver o problema da escassez de combustíveis que se regista no país. Uma situação que levou a disparar os preços do litro de gasolina e gasóleo um pouco por todo ao país, atingindo, nalguns casos quase o quádruplo do preço real.

Trata-se da segunda vez em cerca de mês e meio que Angola sofre condicionamentos de combustível, depois de, em meados de Março, a Sonangol, alegando a necessidade de "reestruturar alguns processos" e garantindo que não havia escassez, ter parado a distribuição sobretudo de gasolina.

O novo Conselho tem como administradores executivos, António de Sousa Fernandes, Baltazar Agostinho Miguel, Jorge Barros Vinhas, Josina Marília Mendes Baião, Luís Ferreira do Nascimento Maria e Osvaldo Salvador Macaia. 

Como administradores não-executivos, foram nomeados André Lelo, José Gime, Lopo do Nascimento e Marcolino Moco.

Carlos Saturnino que substituiu a empresaria Isabel dos Santos, da liderança da companhia estatal, na altura tinha sido também exonerado pela sua antecessora. 

Fonte: Jornal de Angola e Redacção

REAÇÕES

COMENTÁRIOS