Pai é condenado a 15 anos de prisão por abusar sexualmente quatro filhas
O Tribunal Provincial de Luanda condenou ontem, Diogo João Cardoso, de 63 anos, a quinze anos de prisão efectiva, por abuso sexual de quatro filhas menores.

Durante o julgamento, Diogo João Cardoso confessou que abusou sexualmente várias vezes as quatro filhas de mães diferentes que na altura tinham idades compreendidas entre 7, 9, 13 e 14, e disse desconhecer as reais motivações do crime.  

O homem aliciava as filhas com telemóveis e as ameaçava de castigo caso revelassem o crime as mães. O crime ocorreu em Agosto de 2016, e só veio à tona quando uma das vítimas revelou ao padre durante o baptismo na igreja.

Diogo João Cardoso terá de indemnizar cada filha com 300 mil kwanzas, pagar multa de 70 mil, e cinco mil do defensor oficioso.

Fonte: Jornal de Angola

REAÇÕES



COMENTÁRIOS