Pacientes abandonam hospital Sanatório por falta de condições
Por falta de condições para atender os pacientes, carência de material gastável e de médicos especialistas, os pacientes estão abandonar o hospital Sanatório, localizado no bairro Palanca, em Luanda.

A confirmação foi feita pelo psicólogo clínico, Daniel Divango, em declarações à RNA, garantindo que dos cerca de 150 pacientes atendidos por dia, 15 a 20 doentes acabam por ficar internados, e posteriormente abandonam a unidade hospitalar.

 “Um dos maiores problemas é a degradação da estrutura física do hospital. O ideal é construir um novo edifício”, aconselha o especialista.

A Angola-Online sabe que durante a última visita realizada na última sexta-feira, a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, reconheceu que existem problemas que precisam de ser solucionados naquela unidade sanitária.

“Temos problemas que já são conhecidos da população, temos um número considerável de doentes que acorrem a esta unidade, daí que precisemos de melhorar a distribuição de fármacos para o tratamento da tuberculose”, observou a ministra.

RNA

REAÇÕES

COMENTÁRIOS