Oficial da Migração e Estrangeiros  mata à tiro cidadão no Cazenga
Domingos António João, de 47 anos, foi morto pelo vizinho, oficial da Polícia de Migração e Estrangeiros, sem motivos aparentes. O crime ocorreu no bairro da linha-férrea, município do Cazenga, em Luanda.

O crime ocorreu no cair da noite de 31 de Dezembro do ano passado, domingo, quando "Mingo", como a mãe chamava, mecânico de profissão regressava a casa depois de comprar lâmpada na cantina. 

Segundo a mãe, encontro o filho no chão, ensanguentado, e não sabe o que terá levado o vizinho com quem têm boas relações, levaram a pôr fim a vida do seu filho.

Segundo vizinhos, o homicida foi sempre uma pessoa "malandra" e "autoritária".

A vítima deixa um filho de sete anos, e a família pede por justiça.

REAÇÕES



COMENTÁRIOS