Nigerianos raptam cidadão indiano em Luanda
Um cidadão indiano foi raptado no município do Kilamba Kiaxi, em Luanda, por um grupo de quatro nigerianos, em seguida foi levado para uma moradia, no bairro Calemba II, onde ficou 4 dias em cativeiro e sofreu maus-tratos.
A imagem usada é uma simulação

Segundo a fonte da Angola-Online, o cidadão indiano foi raptado na manhã do dia 11, na rua da Encoal, no bairro Golfe, município do Kilamba Kiaxi, quando se dirigia ao serviço a bordo de uma viatura, um Toyota Hilux. 

Em seguida foi levado para uma moradia, no bairro Calemba II, onde ficou em cativeiro durante 4 dias. De acordo ainda com a mesma fonte, a família do indiano entrou em contacto com os raptores quando estes fizeram um telefonema a partir do telemóvel da vítima, exigindo 150 mil dólares para o resgate. 

As negociações ficaram concluídas, para cem milhões de kwanzas e marcou-se então o local e a hora para a entrega do dinheiro, “às 23h00, junto à Igreja Josafat, na avenida Pedro de Castro Van-Dúnem Loy”.

Já no local, os criminosos foram surpreendidos pelos operativos do Serviço de Investigação Criminal (SIC), os quatro nigerianos fizeram disparos, tendo os operativos reagido e, do confronto no local, morreu um dos raptores. 

Na perseguição, um nigeriano foi alvejado, nas imediações da zona conhecida como Avô Kumbi, e acabou por morrer a caminho do hospital. Os dois que escaparam estão até hoje em fuga.

A Policia Nacional localizou o cativeiro, e conseguiu libertar o cidadão indiano em vida, a quem agradeceu os operativos do SIC pelo resgate.

O director do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa da Delegação Provincial de Luanda do Ministério do Interior, intendente Mateus Rodrigues, assegurou que as diligências continuam para a detenção dos nigerianos foragidos.

Crédito de Jornal de Angola

REAÇÕES

COMENTÁRIOS