Naturopata ponta agricultura para melhorar a situação de saúde em Angola
A equipa de reportagem da Angola-Online, deslocou-se ao bairro do Camama, em Luanda, para conhecer o fundador da “Dery Gangu” investimento limitado (DGIL) empresa ligada ao ramo da agricultura. Um projecto que emprega mais de 350 angolanos.
Imagens da página de Adérito Costa e Dgil-Angola Agricultura

Adérito Costa, fundador do projecto, formou-se no Brasil em Agronomia na universidade Paulista, e é também naturopata, onde procura ajudar de certa forma os angolanos, a importância de uma boa alimentação com base os produtos agrícolas, para melhorar as suas vidas e combater várias doenças.

Para isso, Adérito Costa, procurou criar quatro projectos revolucionários, no sentido de ajudar todos a terem uma melhor qualidade de vida com base a produtos agrícolas. Daí surgiu o projecto, horta domiciliar, comunitária, hospital e escolar, este último, consiste em ajudar as crianças no reforça da merenda escolar. 

O engenheiro agrónomo, conta que o seu contacto com a terra começou desde muito cedo, com a sua avó paterna numa lavra que a mesma tinha na província do Bié. Hoje com 8 hectares na zona sul de Luanda, município de Belas zona do Camama, 17 hectares de produção activa, em Caxito, e em Quinguela 2 com 20 hectares de produção activa.

Adérito Costa revela que não espera época para fazer produção, “nós adaptamos a produção constante as condições climáticas”, fazendo com que a empresa tenha uma produção anual de mais de 65 mil toneladas de produtos diversos.

Com estes produtos, o engenheiro e naturopata, Adérito Costa, procura assim ajudar as famílias angolanas no auxilio de combate de diversas doenças na base de produtos de boa qualidade e sem agrotóxicos. 

Para Adérito Costa, existem muitos erros médicos, por parte dos médicos e enfermeiros, em tratamento de algumas patologias, porque são situações que só a naturopatia tem o pendor de solucionar tais problemas. Por exemplo, um paciente com problemas de má nutrição, por sua vez, os médicos vão receita-lo fármacos, numa altura onde o seu organismo não está preparado para tal.

Embora, a naturopatia avalia cada caso como único, pois cada organismo funciona de forma distinta de doente para doente. Adérito Costa, garante que a naturopatia é uma medicina preventiva, e que deve sempre estar acompanhado à medicina convencional.

Redacção e Diamante Angola

REAÇÕES

COMENTÁRIOS