Ministério do Ensino Superior põe fim aos estudos à distância
O Instituto Nacional de Avaliação e Reconhecimento de Estudos do Ensino Superior (INAREES), informou esta quarta-feira, em Luanda, em forma de alerta, que o Instituto Guarise- Angola, especializado em promover graduações à distância, não é reconhecido pelo ministério e que não tem autorização para ministrar este curso no país.
DR

No comunicado, o INAREES informa que o Instituto Guarise- Angola, não está autorizado em realizar qualquer actividade no domínio superior em Angola, e acrescenta ainda que todos diplomas concedidos pela instituição são e serão considerados falsos.

O Instituto tem posto à disposição dos seus discentes Licenciatura, Pós- Graduação, Mestrado e Doutoramento, em várias áreas do saber, como Pedagogia, Gestão Pública, Gestão Comercial, Recursos Humanos e Comunicação Institucional.

De recordar que Guarise é um Instituto Sul Americano, que comporta seis universidades, sendo quatro Brasileiras, uma Argentina e uma Paraguai.

REAÇÕES

COMENTÁRIOS