Militante do MPLA e da UNITA trocam acusações durante debate
O militante do MPLA Victor Mulaza e João Lukombo da UNITA, entraram em acusações durante o debate em torno dos “Ganhos da Paz e a Perspectiva do Presidente da República para o Futuro da Angola,” realizado no sábado passado na capital do país.

Victor Mulaza atacou o partido UNITA afirmando que a mesma não é democrática e que não tem sido clara quando fala ser democrática atendendo os factos que se registam no seio do Galo Negro, “ela não é democrata, basta ver o que aconteceu com Tito Chingunji por levar um livro com o título como dar um golpe de Estado, foi morto pelo líder da própria UNITA, coitado dele”, lamentou.

Uma opinião negada por João Lukombo, que considera existir democracia na UNITA, e que o MPLA é quem deveria se preocupar com este aspecto pelo facto do seu líder estar há anos no poder, pelo que afirma, “o velho dos Santos deve entender que já não tem nada para dar e deve descansar”. Uma opinião reprovada por Victor Mulaza, frisando que “o camarada presidente tem muito para dar e a UNITA devia ver pela sua grandiosidade,” refutou Mulaza.

No debate onde os ânimos por alguns minutos ficaram acima da pele, João Lucombo, afirmou que no país não há paz social pelo elevado nível de insegurança que apresenta “estamos a ver todos dias pessoas a morrerem nas estradas, a delinquência juvenil cresce vertiginosamente, e as demolições de casas, a reintegração dos ex-militares na sociedade’’, disse.

Em resposta Victor Mulaza, rebateu afirmando que no país há paz social, política e económica, “porque o estado tem vindo a cada vez mais a trabalhar para acabar com a sinistralidade rodoviária e lutar contra a delinquência juvenil, e, basta ver que hoje os políticos já conseguem estar juntos, isto é clima de unidade’’ assegurou.

Club-k Angola

REAÇÕES

COMENTÁRIOS