Milhares de cigarros oriundo de Angola, foram apreendidos em Portugal
A forte tensão entre os dois países continua. Depois do presidente angolano ter "excluído" Portugal dos seus principais parceiros, hoje, as autoridades portuguesas juntamente com a Alfândega do Aeroporto de Lisboa apreenderam 706.320 cigarros de um voo procedente de Luanda.

Segundo um comunicado do estado português, que Angola-Online teve acesso, dá conta que as autoridades Tributária e Aduaneira portuguesa no aeroporto de Lisboa, apreenderam cerca de 706 320 cigarros diversos, que estavam no porão de um avião que partiu de Luanda.

"Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), através da Alfândega do Aeroporto de Lisboa, procedeu à apreensão de 706 320 cigarros de várias marcas (Camel, Kingsport, Marlboro e Rothmans) transportados em 50 bagagens de porão, por viajantes de ambos os sexos, em voo procedente de Luanda", lê-se no comunicado.

A mesma nota garante por outro lado que esta apreensão evitou perdas na ordem dos 125 mil euros em impostos para os cofres do Estado português, mas que, por alto, poderia render mais de um milhão de euros aos autores do crime. Pois os maços seriam comercializados entre dois a três euros (500kz).

Novo Jornal

REAÇÕES

COMENTÁRIOS