Médicos alertam riscos em estalar o pescoço
Você tem o costume de estalar os dedos, a coluna ou o pescoço? Embora esse hábito parece inofensivo, essa prática pode ser muito perigosa.

O recente caso aconteceu em Londres, Inglaterra, quando uma jovem de 23 anos de idade, decidiu estalar o pescoço. Porém, o barulho do estalo ouvido pelas pessoas que estavam próxima dela foi mais alto do que o normal.

Após 15 minutos, a jovem foi ao banheiro e caiu no chão, pois não estava mais sentindo a sua perna esquerda.

Inicialmente, a mulher achou que não era nada demais, mas ao sentir que desmaiaria, ela decidiu ligar para emergência. No caminho para o hospital, os paramédicos começara a fazer uma série de exames e foi constatado que a jovem tinha sofrido um derrame.

"Os especialistas me disseram, depois que cheguei ao hospital, que, ao estalar o pescoço, minha artéria vertebral se rompeu. Há uma chance em 1 milhão disso acontecer", contou.

Segundo a Dra. Walkyria Fernandes, o hábito de estalar o pescoço é considerado como um péssimo vício pelos fisioterapeutas.

A especialista fala que estalar alivia o músculo e causa bem estar, mas revela que alívio muscular vai durar em média de 30 minutos a 1 hora, depois desse tempo, o músculo vai se enrijecer, e então “você precisará estalar o local novamente para sentir o relaxamento muscular de novo”.

Então, se você sente dores no pescoço ou nas costas procure um fisioterapeuta osteopata para cuidar da sua coluna vertebral.

Fonte: Minha Vida

REAÇÕES

COMENTÁRIOS