Mais de 12 mil sacos de arroz de plástico foram apreendidos
Cerca de 12 mil e 500 sacos de arroz da marca Cordão Azul, que pode ser impróprio para o consumo humano, por ser de plástico, foram apreendidos temporariamente pela Inspecção Geral do Comércio, para análises laboratoriais. Enquanto decorre análise, este arroz não pode ser consumido.

Depois de muitas denúncias e circular vários vídeos nas redes sociais, de arroz de plástico que estão ser vendidos em várias superfícies comerciais do país. A Inspecção Geral do Comércio apreendeu mais de 12 mil sacos de arroz que supostamente é de plástico, da marca Cordão Azul, proveniente da Tailândia, para análises laboratoriais. 

Enquanto decorrem as análises laboratoriais, Heleno Antunes, aconselha os cidadãos a não consumirem o arroz Cordão Azul.

A informação foi avançada à Rádio Nacional de Angola, pelo director nacional da inspecção do Ministério do Comércio, Heleno Antunes.

REAÇÕES

COMENTÁRIOS