Luaty Beirão é um rapper e activista luso-angolano, de 35 anos, conhecido pelo seu activismo em prol da liberdade de expressão, democracia e luta anti-corrupção

Popularmente conhecido como Brigadeiro Mata Frakuzx e Ikonoklasta, foi preso, no processo conhecido como 15+2, sob a acusação de conspirar contra o governo angolano.

Recentemente numa entrevista publicada pelo Club-k Angola, Luaty Beirão, confesso o seguinte, “se o José Eduardo morrer, eu não vou lançar foguetes. É a esse ponto. Ele pode mandar me bater, me prender, mas se ele morrer eu não me vou sentir eufórico de alegria, como não me senti com o Savimbi”.

Na prisão escreveu um diário, intitulado “Sou Eu Mais Livre, Então”, antes de iniciar a greve de fome que durou 36 dias. O diário chega às livrarias no dia 25 do corrente mês, numa edição da Tinta-da-China.

Arquivo

REAÇÕES

7
0
0
0
0
0
0
0

COMENTÁRIOS