Jovem é morto barbaramente pelo padrasto por defender a mãe
O jovem Aurélio Pedro, de 18 anos, foi morto pelo padrasto com um golpe de caco de garrafa na garganta, pelo facto de acudir a mãe, vítima de violência doméstica. O crime ocorreu ontem, em Luanda.
As imagens utilizadas nesta matéria, são apenas ilustrações

Luanda volta a registar mais um triste acontecimento e condenável a todos níveis. Um jovem de 18 anos, foi morto nesta quinta-feira, 06, pelo padrasto por ter defendido a mãe, quando estava ser espancada. 

O crime chocou os moradores do bairro São Pedro da Barra, em Luanda. Segundo testemunhas, o padrasto tem maltratado a mãe da vítima, ontem durante uma briga do casal, o jovem tentou defender a mãe, em resposta o padrasto partiu uma garrafa e rasgou a garganta de Pedro, que teve morte imediata. 

Os vizinhos ficaram chocados pela forma barbara que o jovem foi morto, para quem viu de perto Pedro morrer pior, como é o caso de Maria Pedro, amiga da família, que está aterrorizada e não foi a tempo para impedir o sucedido “porque foi muito rápido.”

Este é o segundo caso de assassinato que ocorre nesta semana na capital do país, e reportado pelo nosso portal. Lembrar que um jovem homossexual foi morto a facadas pelo seu parceiro, no inicio desta semana.

Fonte: Rádio Ecclésia

REAÇÕES

COMENTÁRIOS