Jovem de 22 anos é morta a tiro em Benguela
Graciana Cassinda, de 22 anos, morreu após ser baleada juntamente com um mototaxista, durante um assalto nos arredores do cemitério da Camunda, na província de Benguela.
Imagens de arquivo

O crime ocorreu na noite da passada quinta-feira, quando a jovem regressava a casa, a boleia de um mototaxista e foram surpreendidos por assaltantes que dispararam contra os dois e roubaram os seus bens.

A jovem não resistiu aos ferimentos e acabou de morrer no hospital. Já Albero Covingua, mototaxista, baleado na região das costas, continua internado no hospital Geral de Benguela, em estado grave.  

A Angola-Online apurou que a polícia já domina o caso e está investigar para que os criminosos possam ser encontrados.

REAÇÕES

COMENTÁRIOS