Jovem atropela intencionalmente amigos após discussão
Após seis manobras perigosas, um jovem que a identidade ainda não foi revelada, atropelou mortalmente o amigo, residente em Houston, e deixou outro entre a vida e a morte, após festa de final de ano, em Viana.

O primeiro dia do ano foi trágico para a família Gonçalves. Os irmãos Edir Evaldo Gonçalves, de 24 anos, estudante de Geologia numa das universidades de Houston, nos Estados Unidos da América, em férias em Angola, e Célio Gonçalves, 27 anos, foram atropelados mortalmente pelo amigo com uma viatura Toyota Prado, após desentendimento na discoteca Black Star.

Edir Evaldo Gonçalves, teve morte imediata após ser arrastado pela viatura. Ao passo que Célio Gonçalves, internado no Hospital Central Militar de Luanda, com traumatismo craniano, está entre a vida e a morte. Pelo que a Angola-Online pede desculpas a família e aos internautas, por noticiar na primeira matéria que as duas vítimas tinham perdido a vida. 

Segundo fonte da Angola-Online, o homicida atropelou as vítimas depois de efectuar seis manobras perigosas, e ter provocado “confusão” na discoteca, obrigando a expulsão a força. 

De acordo a família das vítimas, baseando-se no vídeo publicado pela Angola-Online, acredita que o amigo teve a intenção de matar os dois irmãos.  

“Houve intenção, a estrada estava livre, não havia carro que o impedia, podia muito bem virar o volante para não atropela-los”, disse consternado Adriano Gonçalves, pai das vítimas, pedindo que se faça justiça.

Depois do atropelamento, o homicida se entregou numa esquadra, onde está detido enquanto decorre as investigações.

REAÇÕES



COMENTÁRIOS