«JLO e família de Neto devem gratidão à Zé Dú», disse Tchizé dos Santos
Tchizé dos Santos, Deputada do MPLA à Assembleia Nacional, disse que o presidente da república João Lourenço e a família de Agostinho Neto, teriam agradecido muito ao José Eduardo dos Santos, por ter protegido a referida família, da vingança dos angolanos após matanças do dia 27 de Maio, na altura da presidência de Neto.

Para Tchizé, foi JES que quando tomou posse como PR, acalmou todos na ressaca do 27 de Maio abolindo a pena de morte para evitar mais vinganças e matanças, procurando criar equilíbrios dentro do partido MPLA e foi também o pacificador de Angola desde 1979, como o fez novamente em 2002 depois da morte de Savimbi.

J. E. Dos Santos entregou o poder na mão de João Lourenço, sucessor por si escolhido, porem este, já começa a fomentar o regresso do divisionismo e da instabilidade no partido MPLA e ao país. Até parece que não gosta de progresso!

Quanto à viúva e filha do 1o Presidente Agostinho Neto, que hoje fazem declarações públicas polémicas e insensatas, só tenho a dizer que ambas deveriam agradecer a Deus, por terem tido sorte do sucessor do seu pai e esposo, Presidente Neto, ter sido José Eduardo dos Santos, humanista e pacificador dos conflitos existentes dentro do partido MPLA e não outro tipicamente militarista e bélico, pois podiam ter sido fuziladas, ou teriam que fugir para o exílio de forma penosa e bárbara, pois muitas famílias dos assassinados na chacina do 27 de Maio que ocorreu sobre a presidência do seu esposo e pai Agostinho Neto, queriam vingança olho por olho, dente por dente e muitos Angolanos defendiam se vingar dos filhos e toda a família, o que dos Santos NUNCA PERMITIU.

Tiveram sorte de JES as ter protegido e não deviam ter moral para apontar o dedo a Dos Santos, que edificou um feriado em homenagem a Neto, estátuas de Neto por todo o país, ao contrário do sucessor por si indicado, que vive para sujá-lo e destruir o seu legado de pacificador incontestável.

Tchizé dos Santos/ Facebook

REAÇÕES

COMENTÁRIOS