Mil e 181 casos de violências contra crianças, foram registados de Janeiro a Dezembro de 2016, pelo Instituto Nacional da Criança (INAC), na província do Zaire, menos 69 casos em relação ao ano de 2015.

As declarações foram feitas pela chefe do serviço provincial do INAC na província do Zaire, Paula Cristina Coutinho.

"Foram destacados como as mais predominantes a falta de prestação de alimentos, com 478 ocorrências, fuga à paternidade, com 199 registos e o trabalho infantil, com 68 casos".

A responsável crescentou que, "foram ainda registados 55 casos de abuso sexual, 36 de negligência em cuidados de saúde, educação e protecção de menores e 24 de abandono de infante".

A nível da província do Zaire, o instituto Nacional da Criança, controla 70 redes de protecção a criança, constituídas por mil e 180 membros.

Repórter: Pedro Nvakata

REAÇÕES

0
0
0
0
0
0
0
0

COMENTÁRIOS