Hospital de Quimbele em risco de destruição
O novo hospital de Quimbele, na província do Uíge, em risco de ser destruído devido a existência de três ravinas de grande dimensão.

A ravina que apresenta maior perigo está a seis metros do muro de vedação do Hospital Municipal, que está inoperante desde a conclusão das obras. A fenda tem uma extensão de cerca de 500 metros e dez de profundidade.

O administrador municipal, Manuel João, disse à fonte da Angola-Online, que terão início “dentro de poucos dias” as obras de contenção das ravinas. “Já mobilizámos uma empreiteira, estamos apenas a fazer ajustes financeiros com o Governo Provincial. Tão logo tenhamos verbas, pagaremos a primeira prestação à empresa para o início dos trabalhos”, disse.

De acordo ainda com o administrador, garantiu que tudo será feito para que as ravinas não destroem o hospital, porque estão a ser usados “equipamentos de ponta”.

Angola-Online sabe também que, próximo do novo Hospital Municipal, estão a ser erguidos casas sociais do Projecto 200 Fogos Habitacionais. 

Manuel João disse que “cremos que dentro de poucos dias vamos celebrar contracto com uma empresa para estancar as ravinas que estão a avançar para o Projecto de 200 Fogos Habitacionais”, afirmou.

Fonte: Jornal de Angola / Imagem de arquivo

REAÇÕES

COMENTÁRIOS