General Nunda e Zénu dos Santos constituídos arguidos
O general Geraldo Sachipengo Nunda e José Filomeno dos Santos "Zénu", filho do ex-Presidente, foram constituídos arguidos pela Procuradoria-Geral da República.

De acordo com informações chegadas a Angola-Online, o general Geraldo Sachipengo Nunda foi constituído arguido no âmbito da investigação à tentativa de burla que envolve cidadãos angolanos e estrangeiros, acusados de negociar uma linha de crédito fictícia de 50 mil milhões USD.

Ao passo que, o José Filomeno dos Santos "Zénu", filho do ex-Presidente, José Eduardo dos Santos, está a ser investigado por uma alegada transferência irregular de 500 milhões de dólares para um banco britânico, que já levou à constituição como arguido de Valter Filipe, ex-governador do Banco Nacional de Angola.

A informação foi avançada pelo sub-procurador-geral da República de Angola, Luís Benza Zanga e, avança que o antigo presidente do Conselho de Administração do Fundo Soberano, está impedido de sair do país.

Fonte: NJ

REAÇÕES

COMENTÁRIOS