Filha de Higino Carneiro condenada por ter burlado um cidadão
O Tribunal Provincial de Luanda condenou ontem, a um ano de prisão, com pena suspensa, a cidadã Katia Solange da Mota Carneiro Cabral, filha do deputado e antigo governador provincial de Luanda, Higino Carneiro, por ter burlado, em 2016, um cidadão que pretendia legalizar o seu terreno na zona do Mussulo, em 950 mil kwanzas.

"Em nome do povo condena-se a ré Katia Solange da Mota Carneiro Cabral com pena de um ano de prisão pela prática do crime de burla por defraudação, e o pagamento de 150 mil kwanzas de taxa de justiça, bem como fica a pena de prisão suspensa por um período de dois anos, sob condição de pagamento das obrigações acima impostas e apresentar-se a este tribunal de três em três meses ", disse o juiz da causa, João Paulino.

Katia Solange da Mota Carneiro Cabral, filha do deputado e antigo governador provincial de Luanda, Higino Carneiro, vai ainda pagar uma taxa de 40 kwanzas por dia durante quatro meses.

De referir que antes mesmo do arranque das audiências de julgamento, a ré Katia Solange da Mota Carneiro Cabral, agora condenada, ressarciu o valor de 950 mil kz que havia burlado ao cidadão Hélio Policarpo da Silva, bem como fez o pagamento a titulo de juros de 400 mil kz ao ofendido e ainda pagou 250 mil kwanzas ao advogado do mesmo, totalizando um pagamento no valor de 1.600 mil kwanzas.

Durante a leitura do acórdão, que decorreu na 14.ª secção da Sala dos Crimes Comuns do Tribunal Provincial de Luanda, a condenada Katia Solange da Mota Carneiro Cabral, mostrou-se bastante arrependida.

Fonte: AngoNoticias

REAÇÕES

COMENTÁRIOS