Falta de dinheiro deixa FestiSumbe vazio de artistas
O Festival Internacional da Musica do Sumbe, FestiSumbe, que teve início em 2002, vai contar na edição marcada para 15 e 16 do mês corrente, pela primeira vez, com apenas 30 artistas nacionais, devido às dificuldades financeiras.

 Num total de 30 músicos, o destaque recai para Paulo Flores, a dupla YoBass, Bessa Teixeira, Justino Handanga, C4 Pedro, Pérola, Calabeto, Nagrelha, Yannick Afromam, Big Nelo, Ary, Puto Português e KyakuKyadaff.

De acordo com Nino Republicano, responsável da produtora LS Republicano, as dificuldades financeiras que a produção deste evento regista, foram tidas como o principal entrave para a não contratação de artistas de renome estrangeiros.

Sem avançar números quanto ao orçamento,adiantou que o evento será produzido inteiramente com custos da LS Republicano,no âmbito da parceria assinada com o Governo Provincial do Cuanza Sul, que vai permitir a produção do evento nas próximas três  edições.

Nino Republicano adiantou que nas condições actuais, se fará o melhor para colocar ao dispor do público um cardápio musical que satisfaça.

Fonte: Angop

REAÇÕES

COMENTÁRIOS