EUA promete barrar acesso ao dólar em Angola
Os Estados Unidos da América garantiu que vai continuar dificultar Angola aceder ao dólar, caso os bancos comerciais que operam no país não afastarem os accionistas que tenham cargos no Governo ou tenham uma vida política activa.

Assim sendo, se o Banco Nacional de Angola particularmente os bancos comerciais, não cumprirem com as obrigações, os EUA promete cortar o acesso ao dólar no país.

A informação foi revelada pelo jornal português Expresso, que faz menção da possibilidade dos três filhos do Presidente da República, nomeadamente Isabel dos Santos, Filomeno dos Santos e Welwitschia dos Santos (Tchizé), serem abrangidos pela tal obrigação sob pena de o país ficar sem o fornecimento da moeda norte-americana.

A falta de dólar em Angola tem impossibilitado os empresários importarem diversos produtos, o que obrigou o encerramento de muitas empresas por falta de matéria-prima, bem como tem causado aflição aos estudantes angolanos no estrangeiro e nas pessoas que pretendem sair do país para tratamento médico.

Google

REAÇÕES

COMENTÁRIOS