Escolas de Luanda abrem ano lectivo sem carteiras
Muitas escolas públicas da província de Luanda estão em risco de não iniciar as aulas por falta de carteiras.

A falta de materiais nas escolas do país continua sendo um problema. Em Luanda, por exemplo, muitas escolas estão em risco de não começarem as aulas na terça-feira, 06, por falta de carteiras.

Segundo o Governador de Luanda, Adriano Mendes de Carvalho, sabe a Angola-Online, a capital do país precisa mais de 63 mil carteiras para suprir a falta observada nas escolas.

Lembrar, o ano lectivo foi aberto hoje, quinta-feira, na cidade de Moçâmedes, província do Namibe, pelo Presidente da República, João Gonçalves Lourenço.

REAÇÕES

COMENTÁRIOS