Equipa da TV Zimbo foi agredida por um falso general
A equipa da TV Zimbo foi agredida supostamente por um falso general, no município de Viana, em Luanda. Segundo o Serviço de Investigação Criminal (SIC), o homem foi detido pelos crimes de agressões físicas e falsificação de documento militar.

De acordo com a fonte da Angola-Online, o episódio ocorreu ao início da tarde desta quarta-feira,29, quando uma equipa da TV Zimbo recebeu uma denúncia sobre um litígio, relacionado com um terreno, entre o cidadão de 55 anos, cujo nome não foi revelado, que se apresentava como general das Forças Armadas Angolanas (FAA), e a sua ex-mulher.

"O homem ficou furioso com a situação quando notou a presença da equipa de jornalistas da Zimbo que pretendiam noticiar a confusão que se tinha instalado no local dos tumultos, chegando a cuspir nos mesmos e a ferir um deles", disse, salientando que os repórteres da TV Zimbo que se deslocaram ao local da contenda foram agredidos pelo falso militar que usou um objecto contundente (barrote).

Apesar das agressões os jornalistas afectos a cadeia televisiva TV Zimbo, tiveram apenas ferimentos ligeiros, mas resolveram mesmo ir para uma esquadra próxima onde apresentaram uma queixa-crime. 

"Em função das agressões um dos jornalistas teve ferimentos ligeiro e perdeu o seu telemóvel", conta, acrescentando que os jornalistas decidiram levar o caso de imediato a uma esquadra policial, "onde apresentaram uma queixa-crime contra o homem que apresentava passe de serviço que indicava ser um efectivo das FAA com a patente de general".

O SIC fez saber ainda que o suspeito foi detido por crimes de falsificação de documento e por agressões físicas. 

Fonte: NJOnline

REAÇÕES

COMENTÁRIOS